Cortinas – para salas, quartos e cozinhas

As principais funções de uma cortina resumem-se a manter a privacidade e controlar a luminosidade que entra em determinado ambiente. Porém, é certo que a presença deste acessório confere muito mais charme e elegância a um determinado espaço. Janelas sem nenhum tipo de cortina costumam aparentar “falta” de alguma coisa, como se aquele pedacinho da decoração estivesse inacabado. Além disso, ajudam na diminuição de ruídos e na sensação térmica do ambiente.

cortinas para sala de jantar

cortinas para sala de jantar

Com o avanço na indústria têxtil, surgiram vários tipos de cortinas. Hoje em dia, pode-se encontrar uma boa variedade de modelos e tamanhos. Antigamente apenas as de trilho (suíço) costumavam ser preferência entre os consumidores. Elas permitem maior uso de tecido (a cortina fica com mais volume) e “correm” com bastante facilidade. Hoje em dia, porém, as cortinas de varão têm conquistado cada vez mais adeptos, devido à sua facilidade de instalação. O tecido é suspenso por argolas largas, que correm no varão pré-instalado na parede.

Há ainda os cortineiros, itens que não são obrigatórios, mas opção interessante para quem deseja dar acabamento à instalação da cortina (ou encobrir vãos). Eles podem ser produzidos em placas de gesso acartonado (ou madeira pintada), e não deixam à mostra nem trilhos nem varões.

Cortinas em tecido são as mais comuns. Podem ser feita a partir de algodão, sarja, renda ou até mesmo camurça. No caso da renda e de outros tecidos vazados, o tecido pode ser combinado com outros (camadas), com cores e texturas diferentes. Isso não é regra, pois se a intenção for apenas decorativa e não de controle de luminosidade, uma cortina vazada pode ser instalada sem problema algum. Nesse caso, a iluminação poderá ser controlada, por exemplo, por meio de persianas.

Cortinas para Salas

Dependendo da vista que se tem da janela escolhida para o uso de cortina, é provável que se queira ‘escondê-la’ ou ‘mostrá-la’. No caso de manter a privacidade o máximo possível e ainda “fechar” completamente a visão de fora, tecidos escuros são os mais indicados. Além disso, é importante que a textura seja espessa (algodão, sarja) e o efeito estético agradável pode ficar por conta de mais de uma camada (forros). Ideal para home theaters, por manterem a luminosidade agradável quando a TV está ligada, além de aconchegante no inverno. No caso de a janela ficar extremamente exposta à luz solar, é importante consultar um especialista, para dar boas dicas a respeito do tecido. Assim, evita-se que a cortina desbote. Uma dica nesse caso é manter a cortina totalmente aberta e afastada dos raios solares durante o período de maior incidência de luz, se a sala não estiver sendo usada.

cortinas para sala de jantar

cortinas para sala de jantar

Salas de estar grandes podem conter mais de uma cortina em contextos diferentes. Próximas aos sofás com tons em harmonia com tapetes e mantas e em janelas próximas a poltronas de leitura, geralmente um cantinho mais distante dos sofás. Se houver outra janela, nesse caso, vale a pena investir em um tom mais claro e um tecido delicado.

Cortinas para Quartos

No caso de quartos com a parede da janela completamente livre ou até mesmo para encobrir imperfeições (luz solar muito forte, janela descentralizada), o uso da cortina será uma ótima opção. Ela poderá ser instalada em toda a parede. Se não houver nenhum tipo de móvel próximo a ela e o espaço for suficiente, o uso de um tapete em harmonia pode completar a composição. Querendo dar um ar mais elaborado, uma cadeira em tons claros próxima a um criado-mudo ou apenas portando livros é uma dica barata e interessante. Ou ainda, o uso de um divã diretamente em frente à parede da cortina.

cortina para quarto de casal

cortina para quarto de casal

Se a cortina for produzida sob encomenda, as medidas deverão estar em perfeita ordem, assim como o gosto pessoal do dono da casa. É indispensável levar em consideração o tom dos móveis e o tamanho do quarto, para não “fechar” demais o ambiente.

Para quartos infantis, cortinas de tecidos fáceis de lavar (com secagem rápida) e com estampas lúdicas são as mais indicadas.

cortina neutra para quarto infantil

cortina neutra para quarto infantil

Cortinas para Cozinhas

Na cozinha, as cortinas mais utilizadas são mais simples e de tecidos leves (e também de fácil manutenção, já que serão lavadas com mais frequência). Isso porque o visual deve ser clean e básico. Nada impede, porém, que cores fortes sejam utilizadas. Nesse caso, se não houver exageros, não há problema algum em ter uma cortina toda em vermelho, por exemplo.

cortina na cozinha

cortina na cozinha

Renda ainda é o tecido mais utilizado para cozinha, mas é possível escolher as produzidas com algodão ou até mesmo tecidos plastificados. Há também a possibilidade de utilizar uma cortina com motivos florais ou com detalhes em pintura (frutas, legumes, etc.). Outra tendência é a estampa em xadrez, que traz um ar vintage e divertido para a cozinha.

O comprimento depende da localização da cortina. Geralmente a janela fica na mesma parede que a pia, sobre ela. Nesse caso, o comprimento não poderá ser longo, e o caimento deve acontecer antes da torneira da pia, por exemplo, para evitar que o tecido encoste em objetos ou alimentos expostos.

cortina na cozinha com motivos culinários

cortina na cozinha com motivos culinários

GD Star Rating
loading...
Cortinas - para salas, quartos e cozinhas, 4.0 out of 5 based on 2 ratings

Uma Resposta para “Cortinas – para salas, quartos e cozinhas”

  1. Como devo proceder para comprar cortinas para cozinha, o mínimo que a empresa vende e como saber o tamanho de comprar se a janela a largura é de 1,80m altura 1,00m. Espero breve resposta.

Deixe um comentário