Concreto Armado – O coração das estruturas modernas

Nos dias atuais, seria impossível imaginar uma construção edificada sem o uso do concreto. Registros históricos mostram que desde as épocas antigas o homem já detinha a preocupação de construir com bases sólidas suas casas, altares e grandes edifícios, utilizado para isso pedras duras, areia e até madeira. Ai, o concreto armado foi descoberto, e com o passar dos anos e com o avanço na construção, o foi descoberto concreto foi ganhando a dimensão que tem hoje, sendo o material mais utilizado em construções e pavimentos de calçada.

pilares de concreto armado

Pilares e vigas em obra estruturada com concreto armado

 Componentes do concreto armado

O cimento, por si só, contem substâncias que endurecem, tornando-se rígidas feito pedra em contato com a água (reação de hidratação). O concreto é, portanto, uma mistura de itens que, unidos, resultam num material extremamente resistente e durável. Sua composição é de cimento, areia (agregado miúdo), pedra ou brita (agregado graúdo) e água. Às vezes, também pode haver o acréscimo de outros itens,  como aditivos impermeabilizantes, aceleradores ou retardadores de secagem do concreto, ou ainda outros tipos de aditivos, para enriquecer o concreto de acordo com as necessidades do projeto.

Define-se como concreto armado a estrutura de concreto que tenha em seu interior uma armadura feita com aço. Nesta combinação, o concreto tem a finalidade de suportar os esforcios de compressão, isto é, de sustentar o próprio peso da estrutura, enquanto que o aço o completa resistindo aos esforços de tração e torção, presentes em vários pontos crótiocos da estrutura. O concreto armado é indispensável em peças como vigas e lajes e por isso acaba sendo utilizado em grande escala na construção civil. Tem resistência altíssima, e é erguido de maneira a se tornar o “esqueleto” de uma construção, sustentando-a. Ele é planejado a partir de cálculos de estrutura que levam em conta o material a ser utilizado, o peso final da construção e sua finalidade.

estrutura em concreto armado

estrutura em concreto armado

As barras de aço que são colocadas no interior do concreto armado (armações) são unidas entre si com arame recozido, que, por sua vez, é usado especialmente em amarrações de elementos estruturais. Também é possível encontrar no mercado de construção, as vigas pré-fabricadas, devidamente amarradas entre si, o que agiliza o trabalho. No caso de concreto protendido, as barras de aço assumem uma importancia ainda maior, afinal, são responsávels pela protenção do concreto.

Execução do concreto armado

É importante que as armações sejam projetadas por um profissional experiente, que faça os cálculos exatos das vigas que serão necessárias, além de checar o peso final da obra. A “concretagem” se dá em seguida, quando o concreto recobre todas as armações, que devem estar apoiadas por vigas de madeira até a total secagem do concreto. É fundamental, por questões de segurança, que se respeitem os recobrimentos exigidos pelas normas técnicas construtivas vigentes, o que pode ser feito com o uso de espaçadores entre as barras e as formas dos concretos durante a concretagem.

Como vantagens, além da resistência e durabilidade, vale a pena citar que o concreto armado é relativamente barato, não requerendo muita manutenção pós-fabricação, além de ter secagem rápida. Apesar de sua proteção térmica não ser excelente, resiste muito bem à mudanças climáticas. Como desvantagem e por ser extremamente pesado, sua demolição é mais custosa e requer muita mão de obra. Outra coisa a se atentar é que, uma vez inutilizadas as suas sobras, há pouca possibilidade de reaproveitamento.

GD Star Rating
loading...
Concreto Armado - O coração das estruturas modernas, 5.0 out of 5 based on 6 ratings

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta